segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Creche, creche e mais creche...

O Duarte está a dormir e eu aproveitei para dar aqui um saltinho e partilhar convosco as novidades da creche. Não está a ser de todo a adaptação mais fácil do Mundo. Ele quer sempre alguém ali, ao lado dele. Se possível a tocar-lhe... isso então seria perfeito. É meiguinho, que posso eu fazer?? Dizem que a parte social está melhor (menos à segunda feira, claro está) e o pior é mesmo para dormir. Acha que 30 minutos durante um dia inteiro são suficientes e claro que depois fica rabugento... mas eu já pus de parte a choradeira inicial. Mentalizei-me que com o tempo chegamos lá.. e vamos chegar. Eu preciso de trabalhar para lhe poder proporcionar uma vida boa, por isso não tenho cá nenhuma dor de cabeça de: ah, e se eu ficasse com ele, ah e se nos sacrificássemos um bocadinho e ele fosse para a creche mais tarde... Não é possível, ponto. E estou super confiante que esta é a melhor decisão. Eu voltei a trabalhar e o Duarte foi para a creche. A vida é mesmo isto, feita de mudanças... e isso é que faz com que a vida tenha piada. Não vou chorar mais, não. Vou-lhe mostrar confiança sempre que o deixo lá. Vou-lhe tentado explicar (como se ele percebesse) que ali estão os amiguinhos dele e que a Daniela e a Ana gostam muito dele. E vai chegar o dia em que vou dizer que ele ficou a chorar porque o trouxe para casa, vão ver...

Querrrooooo

Ando à procura de um cabide para a sala e encontrei este exemplar... falta convencer o marido de que a coisa tem piada!!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Hoje não consigo escrever. Dói-me o coração :( Sinto que cheguei à recta final. Amanhã volto ao trabalho e não sinto o Duarte minimamente preparado para ficar ali, do outro lado da rua... tão perto mas ao mesmo tempo tão longe do espaço confortável a que está habituado. Hoje sim, estou triste. Mais do que ontem e espero que mais do que amanhã...

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Creche e Duarte não combinam...

Isto está a custar muito mais do que eu alguma vez pude imaginar... o Duarte não gosta da creche, ponto. Não vale a pena tentar justificar porque não há justificações possíveis. Se na primeira semana as coisas até estavam a ir no bom caminho agora desde que a gastroentrite se apoderou dele não há volta a dar. Ficou 4 dias em casa e voltou pior do que no primeiro dia em que lá esteve. Deixei-o lá de manhã e ficou a chorar. Fui buscá-lo 3 horas depois e a chorar continuava. Elas já não sabem o que lhe fazer e eu não sei o que lhes dizer. Fica apático, não liga aos outros meninos e não toca sequer num brinquedo. Assim que chegou a casa desfez-se em sorrisos e matou todas as saudades que tinha de brincar. O meu coração fica completamente partido e não sei o que fazer. Ele tem de ir para a creche e eu faço tudo que posso para ajudar. Acabou-se o colo, adormece na espreguiçadeira, depois mudo-o para a cama... deixo-o sozinho a brincar. Faço tudo o que me pediram mas não está a resultar... Alguém tem alguma sugestão?? Sendo que a hipótese de eu ficar em casa com ele não é de todo possível...

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Custa, custa muito...

É difícil, é muito difícil. Mas tem de ser. E o que tem de ser tem muita força… Eu tenho que regressar ao trabalho e o Duarte tem de ir para a creche… mas custa tanto! Tanto… Eu amo aquele miúdo como se não houvesse mais nada neste mundo, sofro por o deixar ali como se o simples facto de eu não estar com ele o fizesse sofrer, e não faz. Se ontem o deixei lá e ficou com a carinha tristonha hoje já se ficou a rir. E apesar do coração destroçado, eu vim embora com um sorriso na cara. Tudo o que quero é vê-lo feliz, e ele ter ficado a sorrir… o meu mundo ficou bem mais calmo. Daqui a uma hora lá estarei de braços abertos para o receber. E vou passar o dia a mimá-lo, e vou enche-lo de beijinhos. E vou-lhe dizer ao ouvido que a mãe é uma Maria Madalena, mas que vai ser forte. E ele não me vai ver chorar. Sim, porque eu tenho a mania que o meu filho percebe os sentimentos das pessoas… manias, vá-se lá entender!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Maya, a borrega!!

Eu nunca vi mas já me falaram 50 mil vezes das calinadas que são dadas na Casa dos Segredos. E não é que hoje ligo a televisão e está a bela da Maya (aquela que me cheira que critica tudo o que pode e o que não pode) a dizer: a senhora tem que tomar a sua medicamentação. E eu pensei, tá louca, alguém lhe vai dizer que essa palavra não existe. E a taróloga repete: a medicamentação minha senhora, não se esqueça de tomar.


Mas quem diz a esta mulher que essa palavra não existe! MEDICAÇÃO minha senhora, é MEDICAÇÃO!!!

BabyBrand


Acabei de encontrar esta loja no Facebook e adorei. Esta camisolinha está prestes a vir a caminho do roupeiro do meu Duartinho, ai está está :)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Eu casei de Melissas e adorei :)

Augusto Cabrita filho

Eu bem digo que nós não paramos... hoje fomos ao Barreiro buscar as fotos do nosso casamento. Como bons forretas que somos escolhemos um dos fotógrafos mais baratos (mas com qualidade) do mercado. Claro está que o barato significou só termos direito a 100 fotos do casamento impressas e a zerinho, NENHUMA em formato digital. Na altura arrependi-me da forretice, queria ver tudo, fazer um álbum digital e tudo e tudo. Mas agora, um ano depois, fomos lá e eles foram impecáveis e deram-nos o CD com as fotos todas do casamento em alta resolução. TODAS a custo zero! Lá fiquei a cantarolar por ter poupado uma pipa de massa.

Para quem tiver interessado, o fotógrafo foi o Augusto Cabrita e ficou em 400€! Uma verdadeira pechincha prós preços que se praticam por aí.

domingo, 13 de novembro de 2011

Friends

Eu pensava que o mês de licença do Gaivota pai ia ser para mim um verdadeiro mês de férias. Erro. O papá em casa significa tudo menos sossego. Em média temos uns três jantares por semana mais uns quantos lanches. E às vezes lanches e jantares no mesmo dia. E eu fico triste a pensar no álbum de fotos que queria organizar, nas prendas de Natal que já queria ter comprado… Mas depois encho o coração quando penso na quantidade de amigos que temos. Quando percebo que as pessoas gostam de estar connosco (e nós com elas). E fico feliz. Porque ter amigos é isto mesmo. Passar a vida com eles, saborear cada momento e aumentar a amizade, a cumplicidade. E eu sou tão feliz rodeada dos meus amigos…

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Piadas parvas

Os últimos jantares cá em casa têm acabado com estas belas preciosidades:


Moras em Lisboa? Não mas o Rogério Samora.
Queres água? Não, mas a Alicia Keys.
Sentes sede? Não, mas o 50 cent.

Tu ardes? O Lampard.
Marcas muitos golos? A Dinamarca.
O Pateta usa o teclado. E o Mickey Mouse.
Dás-me dinheiro? O Van Dame.
Ardem-te os olhos? À Elizabeth Arden.
És cantor? A Beyoncé.
Róis as unhas? O Van nistel Roy.
Vais à festa? Não, mas espero que o Drogba.
Acordaste cedo? A Núria Madruga.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

e o pintinho piu

Enquanto a cria pequena dorme a sua sestinha matinal e o papá foi descansar, aqui a mamã vai aproveitar para actualizar um bocadinho a coisa... Vamos lá então postar o som do momento. Gracias Diogo, por nos teres mostrado uma música tão... animalesca?! :)


http://www.youtube.com/watch?v=1KFq-DwHj3k
Eu achava mesmo que com o papa em casa ia ter imenso tempo para mim, para o meu blog, para dormir... pfff, qual quê. Ele é passeios aqui, compras ali, jantares acolá... qual vida social inactiva! Eu nem tenho tido tempo de me sentar no meu sofá a pastelar um bocadinho!!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Batatas fritas e casa de banho não combinam!

A sério, eu sei que sou estúpidamente arrumada e não peço para ter ninguém ao meu lado com a mania da arrumação tão acentuada como a minha, mas... o que faz um pacote de batatas fritas na casa de banho do nosso quarto??? Aliás, o que interessa se é na do nossa quarto ou noutra qualquer? Basta o ridículo de entrar e ver um pacote de batatas ali, no lavatório! Gaivota pai questionado sobre tal parvoíce respondeu:


- O Duarte tava a dormir e vim fechar o pacote para aqui para não o acordar!!


Hello!! Excesso de zelo nem sempre é uma qualidade!!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

28

Os 28 estão a caminho e eu assumo: não tou com paciência para combinar coisa nenhuma. Fazer anos a uma segunda feira não "tá com nada"... Se faço jantar lixo a bela noite de sono aos pobres coitados que trabalham de manhã, se espero até ao fim de semana significa não fazer jantar de família no sábado, que é mais do que óbvio para a minha famelga. Aiiiii, este ano não faço anos. Boa? Mas só porque a logística da segunda feira não me agrada... só isso! Sim, não tenho cá a pancada de ficar mais velha e essas tretas, hei-de ter, quem sabe. Mas ainda não me bateu à porta.

O Natal está a chegar


Chega este tempo chuvoso e eu começo logo a pensar nas prendas de Natal. Eu sei que estamos em crise, mas que raio... não vou deixar que a crise chegue às prendas das pessoas que eu mais gosto :) E eu adoro ter a árvore cheia de presentes ;)

O raio do papagaio

Eu não tenho nada contra o raio do papagaio, mas já contras as donas... Quando nos casámos achei por bem alugar a minha casa de solteira a uma amiga. Pareceu-me um óptimo negócio, amiga e tal... não vai estragar grande coisa. Pareceu-me perfeito. Um ano depois a minha opinião mudou radicalmente. Não é que a minha inquilina fofinha pôs lá dentro um passarinho destes? Parece inofensivo não parece? Eu digo-vos o inofensivo... cadeiras da sala destruídas, sofá com um golpe feito com aquele belo bico afiado e uns fios de electricidade roídos pelo meu amiguinho... Até me passei!!Ah, sem falar nas paredes e móveis cheios de cagadelas do monstrinho!!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Pequeno Duarte

Acontecimento do fim de semana: o Duarte aprendeu (sem ninguém lhe ensinar) a mandar a chucha fora assim que vê o biberão! Adoro...

Feito com carinho


Feito com carinho. Com gominhos da laranja.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Tá bonito

1) Olha fixamente e apenas para o ponto vermelho;
2) Continua a olhar fixamente;
3) A parte azul vai desaparecer.



Vi no facebook de uma amiga... isto é espantoso!!

5 meses

O Duarte faz hoje 5 meses e eu tenho a ligeira sensação de que o tempo não corre, voa mesmo! Está cada vez maior (e mais pesado) e qualquer dia só quer saber de gatinhar e manda o meu colo à fava... Hoje começou a comer frutinha depois da sopa (pêra) e percebemos que é literalmente um devorador, come TUDO o que lhe aparecer à frente... Eu queixo-me que o tempo passa rápido mas é delicioso vê-lo crescer, é uma sensação indiscritível ver a rapidez com que aprende coisas novas sem que nós lhe ensinemos. Agora já se sabe agarrar ao meu colo quando não quer sair... é o máximo e eu fico derretida :)

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Tamanhos de roupa

Não percebo a lógica... há imensas lojas de criança onde do tamanho 6 se passa directamente para o 12. O dobro, portanto. Têm noção que entre um e outro não me está muito a apetecer que o meu filho pareça um palhacito com roupa a nadar? Ahh, já sei, usa os babygrows de tamanho 6 e eu corto os pés. É esta a solução??

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Bons hábitos precisam-se!


Eu ando a ameaçar mas na hora H desisto sempre... Mas isto mais dia menos dia a coisa dá-se. Preciso de ganhar BONS hábitos alimentares. E começar por introduzir fruta e água no meu menu parece-me muito bem. Não ando cá com a mania das dietas, nada disso. Mas sei lá, tratar de mim! Como é que vou obrigar o Duarte (sim, o meu filho chama-se Duarte e eu decidi acabar com a treta dos nomes falsos) a comer salada se isso nem existe cá em casa? Como é que ele vai perceber que tem de comer fruta se eu consigo estar mais de uma semana sem tocar numa peça?

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Que perdição... nem eu sabia que tinha tanta roupa do closet da Rita












Hoje decidi que não vou continuar a chamar nomes falsos a ninguém. O Jaime não se chama Jaime, a Leonor não se chama Leonor e o gaivota pai tem nome.

Ao meu super amigo

Acabaste de sair cá de casa e mais uma vez percebi o quão importante és na minha vida. És daqueles amigos que quero ter sempre por perto e com quem consigo falar sobre tudo. Já passaram três anos desde aquele famoso São Paulo e tu que digas se a vida mudou... mas se houve coisas em que a mudança não te pareceu tão boa, outras há em que foi positiva a olhos visto! Nunca mais na vida quero falar com a falecida, nunca, mas que trouxe coisas boas à minha vida... então não trouxe??!!! Tu abriste-me a porta do teu Mundo e hoje ganhei um grupo novo de amigos. Nestes três anos alimentámos a nossa amizade de uma maneira que eu às vezes penso que te conheço desde sempre. Tens um grupo de amigos fantástico e eu adorei poder entrar nesse Mundo. Fui adoptada por vocês e a única coisa que sei é que nunca mais se livram de mim. E tu... tu és das melhores pessoas do Mundo (às vezes demais até), és um senhor e um super amigo. Se há pessoas que não falham nunca tu és uma delas. E tudo o que quero é nunca falhar contigo, e se falhar, se cometer esse erro, ai de ti que não me digas.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Liinnddooooo


Não resisti a roubar esta foto... as cores estão lindas!!

Mas como não gosto de roubar nada a ninguém, aqui fica o blog onde a encontrei :)


Ele há nomes estranhos

No outro dia passei por uma funerária que me chamou à atenção: "Funerária da Boa Hora". Mas que raio de nome... há lá boa hora para morrer??!!

Só mesmo em Portugal...

Ontem fui a uma retrosaria comprar uns elásticos. Entrei, vi logo o que queria e veio uma senhora ter comigo. Perguntei quanto custava o metro e nesse momento o telefone da senhora tocou. Já de costas para mim e a correr para o telemóvel respondeu-me. 


Eu fiquei à espera que ela viesse para me cortar os metros que queria até que ela tem a distinta lada de vir para perto de mim, agarrada ao telemóvel com uma conversa mais que pessoal: às 20h vou ao ginásio, depois vou jantar, depois vou à discoteca "X" e por aí fora. Mas... é suposto eu estar a trabalhar e deixar a cliente pendurada para atender um telefonema pessoal? É obvio que dei meia volta e me fui embora. E não tenciono voltar... Mau feitio que eu tenho pah...

Tens uma maneira esquisita de falar

Os homens realmente têm o dom de usar uma linguagem estranha... 


"Desligaste a máquina da loiça?"
Eu: "Não, porquê?"
"Ela tá pr'áli morta e não diz nada!"


Tradução: Uns minutos antes de desligar a máquina pára de fazer barulho e só depois "começa a falar", que é como quem diz: começa a apitar por todos os lados até se ir lá carregar no botão.


Boys will be boys

sábado, 24 de setembro de 2011

Martita do meu coração

Tenho tantas saudades vossas Picõezinhos... tenho mesmo! O Duarte tem 4 meses e ainda só nos vimos uma vez desde que ele nasceu. Não pode ser... Vou já mandar um mail com possibilidades e afins para nos vermos. Tenho mesmo saudades de me rir contigo Martita do meu coração :) E há um ano atrás estávamos a ir de fim de semana para a Comporta... todos juntos. Saudadinhas vossas...

Tarde bem passada

Já tinha mesmo saudades das nossas tardes bem passadas... quando entrei no carro e fiz a viagem de regresso é que percebi que não tínhamos falado sobre tudo. E sempre que tenho esse sentimento significa que o tempo não foi suficiente ou que não estava com a pessoa há muito tempo. E sendo que eu estive aí da uma da tarde até às seis acho que a hipótese mais válida é a segunda ;) Gosto das nossas tardes de "gaijas" (pronto, deixamos entrar duas pilocas pequeninas e de vez em quando o tio Bruno para não ter inveja). Passamos o tempo todo na conversa, no corte e costura, no "eu não trabalho nesse sítio" e quando percebemos já passou da hora de lanchar e a hora de apanhar trânsito já chegou. Temos de manter um lanche/almoço destes por semana, acho o mínimo aceitável :) E para a semana é já na terça :)

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

23 de Setembro de 2010


Hoje o dia é importante... muito! Há um ano atrás acordei com um positivo na mão e um sorriso na cara. Foi um dia em cheio. E feliz, MUITO feliz :)

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

terça-feira, 20 de setembro de 2011

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Vitinho

Que nostalgia... Hoje dei comigo a cantar ao Duarte a canção do Vitinho e tive saudades. Foram tempos tão felizes. E eu era rigorosa, assim que dava o Vitinho era chichi - cama. Velhos tempos... bem que o Vitinho podia voltar para a nossa televisão :)


Está na hora da caminha
vamos la dormir,
Vê la fora as estrelas
dormem a sorrir
e amanhã cedinho
bem cedinho, tu vais ver
acordas mais forte e mais esperto
isso é crescer
Boa noite
Sonhos lindos
Adeus e Até amanhã

aiaimatilde


A minha próxima compra online.

Seguros Victoria - fraude

Eu sei que não passam neste blog tantas pessoas quanto isso mas se isto servir para avisar 5 pessoas pois que sejam 5 a avisar mais 5 e por aí fora... O ano passado fizemos o seguro do carro novo nos seguros Victoria. Na altura era o melhor preço e ninguém competia com esses valores no mercado. Boa, poupar é tudo o que se quer. Seguro anual contra todos os riscos - 500€.


Correu tudo bem ao longo do primeiro ano, sem stresses porque na verdade nunca precisei de contactar a seguradora... Pois que este ano em Agosto recebo uma carta a dizer que o meu seguro vai deixar de ser o pack Victoria Plus e vai passar a ser o Victoria + (ou coisa que o valha). E falavam numa prestação de 300€. Fiquei radiante. Numa altura de crise o seguro baixar 200€ era mais do que eu podia pedir. Dia 1 de Setembro lá estão os 300€ a serem debitados da conta. Tudo bem.


Não é que hoje vou ao extracto e vejo que foram debitados mais 305€?! Ligo para lá e imaginem o que me responderam?? Não respondeu à nossa carta por isso é porque aceitou a alteração do seu pacote. Sim, minha atrasada mental, aceitei, falavam-me em pagar menos!!! Pois... eles só falavam era de uma prestação e na realidade era para descontarem duas!!!


Resultado, falei com a Deco que me disse que essas cartas são legais e no caso de não respondermos em 30 dias eles assumem que aceitamos as alterações. Questão: porque não mandam carta registada para poderem provar que recebi a carta? Ah, não há muito boa fé nessas situações... E o que posso fazer? Vou cancelar o seguro e têm de me devolver o dinheiro.


Ah, veja lá, se calhar nem encontra mais barato no mercado... Xulos, pago 9€ por mês para me dizerem: ah, isso é má fé mas deixe estar, se calhar não encontra melhor!! Deves ter lá a mulher a trabalhar, só pode!!!

O que ele chora ao colo do pai...

Isto não tem estado fácil por estes lados... O Duarte aprendeu que sossegar é só ao colo da mãe e faz valentes birras enquanto não sente o meu calor. Até aqui parece tudo bem e motivo de orgulho maternal. Mas o que me dizem se tirar o glamour da coisa e disser que o pai está a sofrer? O meu marido, que NUNCA chora (só o tinha visto deitar umas duas ou três lágrimas e sempre por motivos de alegria), ontem tinha a cara cheia de água salgada (até tenho pavor de dizer que estava a chorar). É desesperante. O Duarte, que raramente fazia birras, agora basta o pai tentar adormece-lo e lá vai ele ligar o trombone... mas chora mesmo a sério (desconfio que os vizinhos do 4º andar são capazes de o ouvir). E eu não sei muito bem como ajudar. Tento acalma-lo e passar para o colo do pai mas o míudo é esperto e sente logo a diferença. Só quando já está a dormir profundamente é que se deixa levar pela mudança de calor. E eu vejo que o papá se esforça... até já sabe mais musicas de embalar do que eu! Help, preciso de ajuda!!! Não quero os dois homens cá de casa a chorar ao mesmo tempo!!E o pior é que o gaivota pai se sente tão desesperado que não me deixa pegar-lhe ao colo enquanto não estiver exausto de o ver chorar... acha que o consegue vencer pelo cansaço! E lá fico eu a chorar num lado (desesperada por saber que basta o meu colinho e acaba aquele sofrimento), o Duarte a chorar no outro e no final ainda fica o papá a chorar sozinho noutro sítio qualquer porque a fera não acalmou...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Fico fascinada com as crianças

Pedimos ao Tiago (10 anos) para nos contar a anedota que lhe tinham ensinado na escola.


"Não quero, agora já não tem piada."


Nós insistimos, muito. E o Tiago, Sportinguista desde sempre diz:


"Na semana passada tinha piada, agora não."


"Mas tens de contar na mesma, toda a gente quer saber."


"Sabes qual é a diferença entre o Sporting e as reticências (...)?


É que as reticências têm mais pontos!"


Ahahah, vou repetir. Ele tem 10 anos. 10 anos. E confrontado com o facto de ser do Sporting respondeu: "Mas era verdade até à semana passada!"



Criança não mente. Gosto disto.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Que praga!!

Os últimos dias não têm sido nada fáceis cá por casa. O príncipe constipou-se e depois disso vai de correr todos os outros habitantes do lar. Primeiro eu e de seguida o papá. E até um dos primos já teve direito à dose. Mas não, não ficamos por aqui... um bicho estranho picou-me o pé que actualmente se transformou em batata. E se pensam que os nossos azares acabaram... pois que hoje lá fui eu a correr para o dentista, aflita com uma dor de dentes. Nada de grave, desvitalizar o dito cujo foi a solução para a coisa. Caraças... agora só falta parar com esta dor de cabeça que dura à dois dias, deixar de ter tosse, acabar com os 1050 espirros que o gaivota pai dá por dia e acho que podemos prosseguir com a vida normalmente. Sim, o pimpolho, graças a Deus (ou a qualquer coisa superior que deve existir), é o que se está a safar melhor.

sábado, 10 de setembro de 2011

Areias do Seixo



Quando disse que havia uma estufa no hotel estava efectivamente a falar de uma estufa a sério! E para quem não acreditava que se podia fazer um casamento no meio de uma horta... voilá :) e giro que foi!!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Vale sempre a pena esperar pelo carteiro


(Ensaio)

Acabou de chegar a minha agenda para 2012 :) É a minha cara! Obrigada Mariquitas por seres tão profissional, simpática e eficaz. Tens mesmo jeito para isto. E nota-se claramente a vontade de agradar o cliente... recomendo vivamente que façam umas comprinhas neste blog.

                       (O trabalho final)

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Friendship

Tou completamente apaixonada pelos meus amigos, a sério. Há muito tempo que não estava rodeada de pessoas tão maravilhosas. Dizer que tenho uma mão cheia de amigos a quem posso recorrer às 5 da manha se for caso disso enche-me de orgulho. Mesmo.

Conversa da treta

Não sei descrever bem este sentimento (talvez porque não esteja confortável ao senti-lo) mas sabem quando estamos a falar com uma pessoa mas a nossa cabeça não está lá? Já me aconteceu várias vezes, mas com pessoas sem significado na minha vida... agora aconteceu-me com uma amiga (ou coisa que o valha). Senti-me meio perdida, a meio da conversa comecei a perceber que o meu corpo estava ali mas o meu pensamento... ui, qual lista de compras, qual pensar na roupa toda para passar a ferro... eu estava mesmo a kilómetros dali. Mas a leste mesmo... e de vez em quando lá perguntava: o quê? Tava distraída... O tanas é que estava distraída... não te quis ouvir. Foi só isso. Conversa de cáca, sem interesse. E percebi que a nossa amizade é mesmo isso. De cáca, sem interesse. Superficial. E eu não gosto de coisas superficiais.

Cake design



Hoje comecei o dia a pensar em bolos e encontrei alguns tão lindos... calóricos, mas lindos!

terça-feira, 6 de setembro de 2011





Sou tão feliz aqui...  O hotel é caro, muito caro na verdade! O restaurante não lhe fica atrás mas o prazer de entrar num sítio destes é tanto que eu até me tento esquecer desse grande pormenor... Adoro o hotel, adoro a horta, a piscina, a decoração...


Os quartos têm todos vista para o mar, lareira e terraço e os ambientes indianos e marroquinos marcam a atmosfera relaxante deste hotel.

Preços: Quartos a partir de €230 por noite, a penthouse a partir de €580, e as villas a partir de €400. Os preços incluem pequeno-almoço.