domingo, 18 de agosto de 2013

Ajuda precisa-se!!

Quem me ajuda a explicar aos meus progenitores que férias são férias! Que nas férias sabe bem não ter horários nem ter a pressão de arrumar tudo certinho no lugar. A explicar-lhes que não gosto que critiquem tudo o que mexe. Que não  gosto que oiçam as minhas conversas ao telefone e que depois, disfarçadamente (mas de forma a que até uma criança de 5 anos perceba) venham mandar bitaites sobre aquilo que acham que perceberam. Quem lhes explica que hoje em dia mexer no telemóvel significa tudo menos estar a mandar mensagens. Quem lhes explica que se o meu marido trabalha 12 horas por dia NINGUÉM fica mais irritada do que eu. Quem lhes explica que apesar da minha irmã já lhes ter apresentado dois ou três genros eu só apresentei um, e que com todos os defeitos que possa ter é muito provavelmente o melhor que por aqui passou. Quem os faz perceber que toda a gente tem defeitos, eles inclusive, e que não precisamos de falar deles todos os dias! E de uma vez por todas, alguém que lhes meta na cabeça que Santa Cruz  não é o nome de uma doença contagiosa, mas sim de um lugar onde cresci e fui e sou feliz!! Onde gosto de ir e onde tenho os meus amigos. E caraças, as doenças não vêm de lá!!! É incrível como a tosse do D. "só pode ter sido de Santa Cruz" e todas as vezes que tenho alergia não é porque o meu corpo assim reage ao pólen, às oliveiras e às pombas, não, as análises  dizem que sim, mas mestre mãe acha  que "não há nada novo cá em casa, foi alguma coisa em Santa Cruz". Mesmo que a ultima vez que lá tenha ido tenha sido há 4 dias... Ahhh, e a mais linda de todas... Alguém lhes mete na cabeça que por muito que o meu filho goste deles, que gosta, não gosta mais deles do que de nós, pais dele!!! Tal como eu escrevo tudo isto e os amo do fundo do coração, o D. também chora porque não lhe fazemos as vontades todas, e corre para o colo da avó pura e simplesmente porque sabe que dali vem todo o mimo (até demais) do Mundo!! E que estou farta, saturada mesmo de "podem ir embora à vontade, ele nem vai sentir". Ou melhor, "não perguntou por vocês uma única vez, ele gosta mais de estar aqui do que em casa". Algarve, Algarve... Malas prontas, uma noite de sono e amanhã aí estamos nós!!!

2 comentários:

  1. Eh lá. Lembraste-te da password do blog? :)
    Pois bem isso é o mal de todos os avós tios tias amigos irmãos... têm sempre algo a dizer e quando são muito chegados, caso dos pais/avós, deixa de existir filtro. Os avós também disseram isso quando foram pais, e provavelmente vamos ser assim quando chegar a nossa vez, mas de forma diferente.
    "Os cães ladram e a caravana passa"
    Os vossos pais não são cães nem vocês vivem numa caravana,ok?

    ResponderEliminar
  2. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderEliminar